17Este03.htm 52:26 17-Ester Capítulo : 3

Capitulos: introdução(00), 01, 02, 03, 04, 05, 06, 07, 08, 09, 10, Introdução da Biblia.

17-Ester Capitulo : 3

1 Depois destas coisas o rei Assuero engrandeceu a Hamã, filho de Hamedata, o agagita, e o exaltou, pondo-lhe o assento acima dos de todos os principes que estavam com ele.

2 E todos os servos do rei que estavam à porta do rei se inclinavam e se prostravam perante Hamã, porque assim ordenara o rei a seu respeito; porem Mardoqueu não se inclinava nem se prostrava.

3 Então os servos do rei que estavam à portas do rei disseram a Mardoqueu: Por que transgrides a ordem do rei?

4 E sucedeu que, dizendo-lhe eles isso dia apos dia, e não lhes dando ele ouvidos, o fizeram saber a Hamã, para verem se o procedimento de Mardoqueu seria tolerado; pois ele lhes tinha declarado que era judeu.

5 Vendo, pois, Hamã que Mardoqueu não se inclinava nem se prostrava diante dele, encheu-se de furor.

6 Mas achou pouco tirar a vida somente a Mardoqueu; porque lhe haviam declarado o povo de Mardoqueu. Por esse motivo Hamã procurou destruir todos os judeus, o povo de Mardoqueu, que havia em todo o reino de Assuero.

7 No primeiro mês, que e o mês de nisã, no ano duodecimo do rei Assuero, se lançou Pur, isto e, a sorte, perante Hamã, para cada dia e para cada mês, ate o duodecimo, que e o mês de adar.

8 E Hamã disse ao rei Assuero: Existe espalhado e disperso entre os povos em todas as provincias do teu reino um povo, cujas leis são diferentes das leis de todos os povos, e que não cumpre as leis do rei; pelo que não convem ao rei tolera-lo.

9 Se bem parecer ao rei, decrete-se que seja destruido; e eu pagarei dez mil talentos de prata aos encarregados dos negocios do rei, para os recolherem ao tesouro do rei.

10 Então o rei tirou do seu dedo o anel, e o deu a Hamã, filho de Hamedata, o agagita, o inimigo dos judeus;

11 e disse o rei a Hamã: Essa prata te e dada, como tambem esse povo, para fazeres dele o que bem parecer aos teus olhos.

12 Então foram chamados os secretarios do rei no primeiro mês, no dia treze do mesmo e, conforme tudo quanto Hamã ordenou, se escreveu aos satrapas do rei, e aos governadores que havia sobre todas as provincias, e aos principes de todos os povos; a cada provincia segundo o seu modo de escrever, e a cada povo segundo a sua lingua; em nome do rei Assuero se escreveu, e com o anel do rei se selou.

13 Enviaram-se as cartas pelos correios a todas as provincias do rei, para que destruissem, matassem, e fizessem perecer todos os judeus, moços e velhos, crianças e mulheres, em um mesmo dia, a treze do duodecimo mês, que e o mês de adar, e para que lhes saqueassem os bens.

14 Uma copia do documento havia de ser publicada como decreto em cada provincia, para que todos os povos estivessem preparados para aquele dia.

15 Os correios sairam às pressas segundo a ordem do rei, e o decreto foi proclamado em Susã, a capital. Então o rei e Hamã se assentaram a beber, mas a cidade de Susã estava perplexa.

Capitulos: introdução(00), 01, 02, 03, 04, 05, 06, 07, 08, 09, 10, Introdução da Biblia.

Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web, en cumplimiento del Real Decreto-ley 13/2012. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. OK | Más información
17Este03.htm 52:26